Fondue de Carne

Diz a lenda que a pessoa que deixar cair um pedaço de carne dentro tem que pagar uma rodada de vinho para todos. Assim começa uma boa e divertida comida em companhia de amigos e familiares.

Tipos de carnes podem ser boi, carne de porco e frango. As carnes têm que ser moles por o tempo curto de cocção e preferivelmente cortado em dados do tamanho de uma mordida e limpas de qualquer gordura. Não recomendamos carne vermelha para ensopados ou assados pode fica duro, opções boas de corte são File mignon, coxão duro, patinho e alcatra.

Cozinhado com azeite de oliva ou girassol (versão light usar caldo de carne, pode infundir o caldo com ervas e temperos. Escolha um caldo que corresponda ao tipo de carne que você está usando)

Tipos de molhos, maionese (melhor caseira onde pode incluir curry, ervas ou alho), mostarda com mel, salsa rosa, shoyo, barbacoa e Tártaro.

SOPAS

Vamos falar de harmonizar vinhos e sopas ou cremes. Sera que fica bom? Neste caso o maior desafio pode ser a temperatura da sopa, se quiser tomar ela muito quente aconselho a não acompanha-la de nenhum vinho. Mas, tem umas dicas, de vinhos que harmonizam com sopas, sempre que forem consumidas em uma temperatura moderada.

Como o tempo está mais frio, deixo aqui a idéia de você criar esta hamonização de sopas maravilhosas, para com a lareira acesa, harmonizar com um vinho e criar uma combinação perfeita.

Sucesso!!! Aqui... sempre a dois tá??

Queijos Brasileiros

VINHOS E QUEIJOS vamos abordar sobre os queijos típicos do Brasil, a melhor notícia é que bons queijos estão sendo produzidos por todo o país: o Brasil não tem só canastras.

A produção nacional tem outros grandes queijos regionais, como o serrano do Rio Grande do Sul, o coalho do Nordeste, entre tantos outros.

Tchin Tchin!

Fondue uma comida de inverno, quente e deliciosa!

Prato originário da Suíça como não poderia ser de outra forma, terra de queijos por excelência!

Um Fondue de queijos lembra rápido a um encontro com amigos ou familiares por ser uma forma divertida, descontraída e original de fazer uma comida. Até as crianças podem se divertir com a brincadeira de não esquecer nada dentro do queijo

Este seria um prato sem complicação, o único em especial é que precisaria ser um recipiente próprio para fondues e os acompanhantes que principalmente seriam pequenos pedaços de pães (melhor pão italiano do dia anterior ou um pão um pouco duro).

Outros ingredientes para acompanhar o queijo e o pão podem ser legumes, batata, salsichas de hot dog, maçãs e uvas. Pode-se incrementar outros alimentos dependendo o gosto de cada um.

Uma das combinações mais famosas e irresistíveis é de queijos com vinhos, não é mesmo? Esse hábito de servir os dois alimentos juntos começou na região de Provence, na França, mas, há muito tempo, se espalhou por outros lugares do mundo, inclusive por aqui no Brasil.

As produções tanto do queijo quanto do vinho são bem antigas. Então, quando colocamos os dois juntos na mesa, remontamos a sabores e aromas de nossos ancestrais. Ou seja, o consumo dessa combinação perfeita também é algo cultural.

Além disso, os queijos e os vinhos têm mais em comum. Não são somente os tipos de leite e uvas que permitem a variedade dos dois alimentos. O ambiente em que a uva é cultivada e o modo como o animal é tratado também influenciam o sabor e o aroma de queijos e vinhos.

Para quem está iniciando no universo da apreciação e degustação de vinhos, a harmonização da bebida com alguns pratos, como os peixes, por exemplo, pode parecer uma tarefa complicada, cheia de segredos e mistérios. Até porque, no Brasil, apesar de existir uma trajetória do vinho, o consumo da bebida ainda não é tão comum.

No entanto, engana-se quem pensa que tudo é complicado assim: a combinação em questão pode ficar fácil — e deliciosa!

Basta dar uma passadinha na PS Vinhos.

Melhor do que reunir os amigos para apreciar um belo churrasco em um final de semana ensolarado é combinar tudo isso com ótimos vinhos. Mas, vinhos e churrasco combinam? Com certeza! No entanto, muita gente ainda fica insegura na hora de combinar essas duas obras primas.

Então venha na PS Vinhos.

 

Brigadeiro de Caipirinha - Ingredientes: 395 g leite condensado; 20 g de manteiga com sal; 50 ml de cachaça envelhecida; Açúcar cristal (tem um açúcar especial que lembra o gelo trituradinho da caipirinha) com raspas de limão para decorar.

Modo de preparo: Coloque o leite condensado em uma panela no fogo; Adicione a manteiga. Mexa sempre em fogo baixo até dar o ponto (desgrudar da panela); Tirar do fogo e adicionar a cachaça; Voltar ao fogo e dar o ponto novamente; Colocar o preparo em uma placa untada e esperar esfriar; Untar as mãos com manteiga e modelar; Passar no açúcar cristal com raspas de limão para decorar.

 

Carapaus grelhados com molho a espanhola 

Ingredientes:   
Molho á espanhola:
1 cebola pequena
1 ramo ramo pequeno de salsa
1 colher de sobremesa de colorau
Azeite e vinagre
Sumo de limão
4 carapaus médios (não mande arranjar na peixaria) + 8 batatas + sal + molho à espanhola.
Modo de preparo:
Molho á espanhola: Picar a cebola grosseiramente. Adicionar o colorau, a salsa picada. Por fim adicionar um pouco de sumo de limão, o vinagre e o azeite. Termine mexendo bem.
Comece por temperar os carapaus com sal de um lado e do outro. Depois coloque na grelha e deixa assar bem dos dois lados.
Coza as batatas com a pele e com sal, e depois de cozidas retire a pele.
Pronto, emprata-se tudo e rega-se com o molho!

 

Tarte de salmão e alho francês

Ingredientes:
1 rolo de massa fresca quebrada
400 gr de filetes de salmão
3 alhos franceses
4 ovos
3 dl de leite magro
1 c. sopa de farinha
30 gr de creme vegetal para cozinhar
sal q.b.
pimenta q.b.
Modo de preparo:
Limpe o alho francês, retire a parte verde e corte o resto em rodelas. Lave-as e deixe escorrer. Leve ao lume um tacho com o creme vegetal e deixe-o aquecer. Junte o alho francês e deixe cozinhar até que fique sem líquido. Tempere de sal, retire do lume e deixe arrefecer.
Ligue o forno a 180º. Corte o salmão em cubos. Forre uma forma de tarte com a massas fresca, pique o fundo da massa com um garfo, espalhe os cubos de salmão e cubra com o alho francês.
Numa tigela, misture os ovos com a farinha e junte o leite em fio, mexendo sempre. Tempere de sal e pimenta e espalhe por cima da tarte.
Leve ao forno durante cerca de 35 minutos. Retire, deixe arrefecer um pouco, desenforme e sirva morno ou frio decorado a gosto.

 

 Bacalhau especial

Ingredientes:
1 kg de lombo de bacalhau em postas
4 batatas médias cortadas em rodelas grossas
1 maço de brócolos
5 tomates
1 colher (sopa) de sal grosso
1 colher (sopa) de orégãos
1 chavena (chá) de azeite
5 cebolas médias cortadas em rodelas finas
4 dentes de alho picados
100 gr de azeitonas pretas cortadas em lascas
Orégãos fresco

Modo de preparo:

Deixe o bacalhau de molho em água durante 24 horas, trocando a água no mínimo 4 vezes, e mantendo no frio.
Escorra o bacalhau e deixe de molho em leite gelado por 3 horas.
Escorra e vai a ferver em água durante 10 minutos. Escorra e reserve.
Cozinhe as batatas até ficarem macias, porém firmes. Reserve.
Ferva os brócolos durante 4 minutos. Escorra e reserve.
Corte os tomates ao meio no sentido do comprimento, retire as sementes e deixe alguns minutos virados para baixo em papel absorvente
Coloque-os em uma assadeira antiaderente, virados para baixo, salpique com o sal grosso e o orégãos e leve ao forno médio, pré aquecido, até que a pele solte.
Retire a pele e reserve.
Numa frigideira, aqueça 2 colheres de azeite e refogue a cebola.
Numa assadeira, coloque as postas de bacalhau, as batatas, salpique com o alho, regue com 1/2 chávena de azeite e leve ao forno médio pré aquecido por 20 minutos ou até dourar.
Num refratário, coloque o bacalhau, a batata, os brócolos, a cebola, o tomate, a azeitona, regue com azeite e leve ao forno. Decore com o orégãos fresco.

 

INGREDIENTES:

1 frango médio,cortado pelas juntas 

Sal, suco de limão e pimenta à gosto 

1 lata de extrato de tomate 

1 xícara (chá) de leite de coco 

Queijo ralado à gosto 

MODO DE PREPARO: Tempere o frango com os três ingredientes seguintes e deixe tomar gosto. Coloque num refratário e cubra com o extrato de tomate misturado com o Leite de coco. Polvilhe o queijo, cubra com papel alumínio e leve ao forno quente cerca de 40 min. Retire o papel e deixe dourar.

ACOMPANHAMENTOS: Ideal acompanhado com um tinto seco.

 

Ingredientes:

1 frango - 100gr de manteiga - 2 cebolas - 3 dentes de alho - 300ml de vinho do Porto - 1 colher de sopa de vinagre sal e pimenta q.b.

Preparação: Partir o frango em pedaços e temperá-lo com um pouco de sal e pimenta, deixando tomar gosto por cerca de uma hora. Derreter metade da manteiga e levar os pedaços de frango a corar. Juntar as cebolas às rodelas e os dentes de alho picados e deixar alourar mais um pouco. Regar com o vinho do Porto e deixar cozinhar, em lume brando, por cerca de meia hora. Rectificar os temperos, adicionar o vinagre e a restante manteiga e envolver bem com a colher de pau

Deixar apurar mais 5 minutos e servir preferencialmente com vinho branco seco.

 Na real, pra mim, todos os bares são sensacionais, afinal de contas, o que vale é a companhia e a diversão. Mas claro, há sempre um ou outro que você se identifica mais. Por exemplo, uma coisa que pra mim é importantíssima e que faz muita diferença, é não pegar fila e não estar num bar lotado. Se esses quesitos forem vencidos, já é um grande passo. Mas claro, também sou um apreciador da boa música, da boa comida e obviamente, da boa cerveja.

Finalizando

 Mas o que eu quero saber hoje é: e pra você, amigo de bar, o que faz um bar ser incrível, digno de ser indicado para aqueles que você mais quer bem?

Deixe isso por escrito no final da página ou 

Conheça também todas as casas noturnas que trabalham com as  nossas Cervejas, Clica em

Ressaca de Carnaval? Aprenda alguns truques... 

Dicas para fazer todas as carnes assadas perfeitas...